Anime chinês foi retirado do ar porque a maldição da princesa foi se tornar negra?


É verdade mesmo que um anime chinês foi retirado do ar porque a maldição da princesa foi se tornar negra?

Na verdade, isso aconteceu com uma animação postada no youtube, por um canal focado em fazer animações para crianças.


Um desenho animado infantil no YouTube foi considerado racista depois de apresentar um personagem branco que fica negra quando 'amaldiçoada'.

O vídeo intitulado 'Dina and the Prince' foi enviado pelo popular canal do YouTube "My Pingu TV", que apresenta vídeos animados baseados em contos de fadas clássicos.

O canal se descreve como "trabalhando dedicadamente para fornecer vídeos de animação da melhor qualidade falando sobre os contos de fadas populares, fábulas, histórias de ninar, músicas infantis e canções de ninar para diversão, entretenimento e educação das crianças".

O desenho de 13 minutos em questão mostra um anjo chamado Dina que se apaixona por um príncipe.

Mas quando ela é um anjo, não pode falar com o príncipe antes de acender uma tocha pois, se o fizer, perderá a beleza.

No entanto, depois de se apaixonar por ele, Dina decide desistir de sua beleza em troca da capacidade de falar com o príncipe.

O vídeo problemático mostra uma personagem branca "considerada bonita" sendo amaldiçoada e se transformando em uma mulher negra "considerada feia".


Após ser amaldiçoada, Dina diz ao príncipe: "Eu não aguentava mais sua dor e agora sou feia ..."

Por fim, a história termina com o príncipe se apaixonando por Dina, apesar de sua aparência.

Mas a transformação de Dina causou reação dos espectadores que consideraram o vídeo racista.

Postar um comentário

0 Comentários